Detentos prometem entrar em greve de fome no Urso Branco em Rondônia

Por Rondoniaovivo

STYLLYS MALHARIA

Detentos transferidos do presídio Pandinha para o Urso Branco, em Porto Velho (RO) prometeram entrar em greve de fome a partir desta segunda-feira (19) em protesto a uma série de medidas que vem dificultando a condição de vida na unidade prisional.

Segundo familiares dos presos, foram reduzidas as visitas, que antes eram quatro vezes no mês e agora são apenas duas, também foi retirado o direito ao banho de sol e proibiram a entrada de ventiladores e televisão nas celas.

A finalidade da greve de fome será para pressionar a direção do presídio para se alertar à esses pontos que deixam a cadeia em clima de tensão iminente.

Familiares dos detentos teriam se deslocado até o Fórum localizado na avenida Farquar na busca de um aparo legal para garantir rever essas medidas.

De acordo com o coordenador do sistema penitenciário da Secretaria de Justiça de Rondônia – SEJUS/RO, Célio Luiz de Lima, a greve de fome ainda não é de conhecimento das autoridades competentes.

O repórter William Ferreira “Homem do Tempo” foi até o presídio e conversou com os familiares dos detentos.

VEJA O VÍDEO