sábado , novembro 18 2017

POLICLÍNICA OSWALDO CRUZ, EM PORTO VELHO, REALIZA TRIAGEM DE PACIENTES PARA DIAGNÓSTICO DE CÂNCER DE CABEÇA E PESCOÇO

A Policlínica Oswaldo Cruz (POC) – referência em Rondônia no tratamento de alta complexidade –, em parceria com o Hospital de Câncer de Barreto, unidade de Porto Velho, realiza três dias de conscientização sobre prevenção e diagnóstico precoce do câncer de cabeça e pescoço. A campanha começa nesta segunda-feira (24) e estende-se até quarta-feira (26), a chamada “Julho Verde”, como a cor da esperança.

A campanha terá uma parte importante: triagens para os casos com sintomas de nódulo no pescoço, ferida ou afta na boca e rouquidão. Segundo a equipe médica da POC, esses sintomas indicam a probabilidade de câncer quando ocorrem em período superior a 20 dias.

A campanha marca o Dia Mundial de Combate ao Câncer de Cabeça e pescoço. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), a maioria dos casos de câncer de cabeça e pescoço está relacionada ao uso contínuo do cigarro e bebida alcoólica. Nos últimos tempos aparecem também casos de câncer de garganta relacionados ao vírus HPV tipos 16 e 18.

A equipe médica da Policlínica explica que devem procurar a unidade para avaliação, pessoas com suspeita de alteração na boca, laringe, face, tireoide e garganta, e que apresentem sintomas como rouquidão persistente, nódulos ou feridas na boca que demoram a cicatrizar, nódulos suspeitos na região da glândula tireoide, dor de garganta persistente e mudança de voz.

INVESTIMENTO

Dados do setor de estatísticas da Secretaria Estadual de Saúde (Sesau) apontam que o governo de Rondônia ampliou em pelo menos 60%, nos últimos cinco anos, o investimento no tratamento de pacientes com câncer. Uma das medidas adotadas pelo governo foi o credenciamento da unidade de Barretos em Porto Velho, por meio de convênio com Fundação Pio XII, mantenedora da unidade de saúde.

Números da Sesau apontam um aporte financeiro de mais de R$ 89 milhões, repassados para a unidade de Barretos, em Porto Velho, até dezembro de 2016. Mais R$ 23, 4 milhões foram assegurados para este ano. O valor será dividido em 12 parcelas de R$ 1,9 milhão. No total, o Governo de Rondônia, no período de 2012 a 2016, fez uma aplicação investimento de R$ 142.400.012,68 no tratamento de câncer.

Com o funcionamento do Hospital do Câncer de Porto Velho, o Barretinho, menos doentes de câncer viajaram para cidades de outras regiões brasileiras no período 2015-2016.

Mas quem precisa viajar, segundo o secretário estadual de Saúde, Williames Pimentel, a Sesau prioriza que os pacientes que utilizam o Tratamento Fora de Domicílio (TDF) sejam encaminhados para a unidade de Barretos, no interior de São Paulo. Com a parceria, foram investidos com passagens, estadia, alimentação mais de R$ 37 milhões, correspondentes aos anos de 2012 a 2016. Há, para este ano, uma expectativa inicial de aporte de R$ 4 milhões.

Fonte
Texto: Zacarias Pena Verde
Fotos: Daiane Mendonça
Secom – Governo de Rondônia

Sobre Rinaldo Moreira - DRT: 000.1505/RO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *