Sob olhares de Aguirre, São Paulo vence em dia de protesto da torcida

Tricolor bate Red Bull Brasil por 3 a 1 no Morumbi e agora pega São Caetano com vantagem do mando de campo no segundo jogo das quartas de final


Diego Souza brigou pela bola na vitória do São Paulo sobre o Red Bull Brasil (Foto: Luis Moura/Estadão Conteúdo)

Em jogo marcado por protesto da principal torcida organizada, o São Paulo venceu o Red Bull Brasil por 3 a 1, pela última rodada da fase de grupos do Campeonato Paulista. O jogo deste domingo (11), no Morumbi, foi acompanhado de perto pelo novo técnico Diego Aguirre.

Com o resultado, o São Paulo enfrenta o São Caetano, nas quartas de final, com a vantagem do mando de campo no segundo jogo. A tendência é que Aguirre assuma o comando até lá, no lugar do interino da tarde André Jardine, recém-promovido à comissão técnica permanente do clube.

Se as coisas não estavam nada bem para a torcida do São Paulo ainda antes do início do jogo, ficaram ainda piores aos 8 minutos. O goleiro Jean saiu jogando errado e entregou a bola nos pés do adversário. Eder Luis ajeitou com o peito e deixou para Edmílson abrir o placar.

Com um time recheado de garotos vindo da base e Diego Souza e Tréllez no ataque, o Tricolor passou a trocar passes, mas só chegou ao gol de empate com gol contra. Nenê cruzou e Nininho mandou para o próprio gol aos 31 minutos da primeira etapa.

As vaias dos poucos torcedores presentes no Morumbi incomodaram os jogadores do São Paulo. A equipe passou a criar mais oportunidades e resolveu a partida em quatro minutos. Arboleda, de cabeça, marcou aos 22 e, pouco tempo depois, foi a vez de Marcos Guilherme chutar cruzado para ampliar.

São Paulo e São Caetano se enfrentam no próximo fim de semana. A FPF (Federação Paulista de Futebol) deve confirmar as datas e horários na terça-feira. Na quarta, o time enfrenta o CRB, em Maceió (AL), no jogo de volta da terceira fase da Copa do Brasil (venceu por 2 a 0 no Morumbi).

Por André Avelar, do R7

COMPARTILHAR