Sucesso de áudio ‘Neiva do céu!’ quebra tabu de sexo entre idosos

Por Marcelo Mora – Agora Folha Uol

STYLLYS MALHARIA

Um áudio com inconfidências e detalhes picantes sobre um simples encontro transmitido por aplicativo de mensagens transformou a vida de duas amigas no interior de São Paulo.

Primeiro, em um inferno. Após inesperada reviravolta, contudo, elas se tornaram celebridades por conta de frases que viraram memes na internet: “Neiiiiva do céu!” e “só um sinarzinho” —esta última em referência ao tamanho do órgão genital de um paquera da Ivete, de quem Neiva era a confidente.

A aposentada Ivete Mixtro Dias, 60 anos, e sua amiga Neiva de Lima Ribeiro Jordão, 53, agora conseguem se divertir ao contar detalhes do famoso áudio que vazou com detalhes “picantes” de um encontro, nas seguidas entrevistas para as quais estão sendo solicitadas nos últimos dias.

A história já é conhecida: Ivete, há pouco mais de um mês, marcou um encontro com um homem que conheceu por meio de um aplicativo de paquera. Depois do encontro, decidiu levá-lo para casa, já que era bonito.

Só não contava com um “imprevisto”, o diminuto tamanho “daquilo”. “Era só me encontrar com alguém se mandar nudes antes”, afirma ela.

Moradoras de Mogi Guaçu (164 km de SP), cidade com apenas 140 mil habitantes, as amigas sofreram com a repercussão negativa gerada pelo áudio.

“Senti a reação das pessoas na rua. Muitos me crucificaram. Fiquei deprê, chorei muito. Não saía de casa por nada. Apenas ontem [quarta-feira, 4] que saí de cabeça erguida. Fui bem recebida na rua, com carinho, muitos pedidos para fotos”, conta.

Para Ivete, tanto o sexo em si quanto falar sobre ele ainda são tabus, principalmente na idade dela.

“A reação deve ter sido por causa da minha idade. Apesar de ter 60 anos, estou na ativa, gosto de sexo”, diz. “Tenho cabeça de jovem, gosto de estar com jovens, ir para a balada, dançar.”

Segundo Ivete, o áudio viralizou nas redes sociais por conta do excesso de detalhes na conversa.

“Foi pelo meu jeito de falar, dando muitos detalhes, do modo que eu faço os comentários ‘só um sinarzinho’, o ‘Neiiiiva do céu’ cheio de sotaque”, diverte-se.

Obviamente, se o assunto é sexo, por mais sério que seja, em algum momento sempre vai acabar em brincadeira. E foi o que aconteceu. As amigas foram convidadas para fazer participações especiais em shows de stand-up pelo comediante paulistano Celso Júnior, que as conheceu por meio de um colega de Mogi Guaçu.

A protagonista do áudio que vazou é Ivete, mas quem levou a “fama” foi a confidente da amiga, Neiva, cuja voz sequer aparece na gravação. “Ela falou

O vazamento do áudio que quase interrompeu uma amizade de 30 anos segue sem explicação.
“Fiquei sabendo do áudio pelos meu filhos, que vieram me perguntar o que havia acontecido. Imagina!?
Cheguei a procurar a polícia. Não sei o que aconteceu”, afirma Neiva. “Confio na minha amiga”,
retribui Ivete.

Sexualidade

O sexólogo Fernando Baptista afirma que pessoas com idade acima dos 50 anos têm buscado exercer sua sexualidade de forma mais intensa. Elas buscam uma maior liberdade porque enfrentaram uma maior repressão quando jovens. Muitos acabam querendo vivenciar agora o que não puderam fazer antes”, afirma.

Apesar disso, sexo ainda é um tema tabu para muitos. “Nosso país é de maioria cristã e grande parte condena o sexo fora do casamento. É cultural”, justifica E mesmo assim, aplicativos de paquera e sites de relacionamento estão ganhando cada vez mais adeptos acima dos 50 anos, faixa que representa cerca de 35% do total de usuários em média, segundo pesquisas. No site Coroa Metade, por exemplo, esse percentual, entre 50 a 59 anos, chega a 39% entre os homens e 45% entre as mulheres.