TAC define regras a serem cumpridas na cavalgada da 36ª Expoari, em Ariquemes, RO

Por G1 Ariquemes e Vale do Jamari

TAC determinou regras a serem cumpridas durante cavalgada da 36ª Expoari — Foto: APA/Divulgação

A prefeitura de Ariquemes (RO), no Vale do Jamari, por meio do Gabinete de Gestão Integrada Municipal (GGIM), junto aos órgãos de segurança pública se reuniram e firmaram um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) para definir as regras a serem cumpridas na cavalgada de abertura da 36ª Exposição Agropecuária (Expoari) do município.

O evento está marcado para ocorrer no próximo sábado (13). O descumprimento de alguma das normas definidas, pode acarretar multa de até R$ 5 mil.

O GGIM, através do Conselho Municipal de Segurança, Polícias Militar (PM) e Polícia Rodoviária Federal (PRF), Corpo de Bombeiros e Guarda Municipal. Além das secretarias de Segurança e Trânsito (Semust) e Meio Ambiente (Sema) assinou o documento com representantes da Associação dos Pecuaristas (APA) e organizadores de camarotes.

Após a assinatura do TAC, ficaram proibidos os maus-tratos aos animais, o descarte irregular de lixo, infrações de trânsito e a participação de blocos de rua. O documento requereu ainda que os veículos participantes devem estar vistoriados e que os organizadores divulguem campanha publicitária educativa.

“O objetivo é garantir que a festa seja bonita, que tenha nenhuma ocorrência e que realmente ela continue proporcionando esse momento de entretenimento, esse momento de fortalecimento das tradições ligadas ao campo. Então, a cavalgada é muito importante para o município, por ser uma grande tradição e queremos garantir que ela continue sendo realizada da melhor maneira possível”, declarou o secretário da Semust, Ricardo Rodrigues.