Trump aceita convite para se encontrar com Kim Jong-un em maio

Anúncio do futuro encontro foi feito de surpresa por Chung Eui-yong, assessor para Segurança Nacional da Coreia do Sul, nesta quinta-feira.

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, aceitou um convite para se encontrar com o líder norte-coreano Kim Jong-un. O anúncio foi feito nesta quinta (8) por Chung Eui-yong, assessor para Segurança Nacional da Coreia do Sul e representante do país nas negociações com a Coreia do Norte.

O encontro deve acontecer no mês de maio. A informação foi divulgada de surpresa nesta quinta, do lado de fora da Casa Branca, depois de uma reunião de Trump com o sul-coreano.

“Kim Jong-un expressou seu desejo de se encontrar com o presidente Trump assim que for possível”, contou Chung. Segundo ele, o norte-americano “apreciou a informação e disse que se encontrará com Kim Jong-un com o objetivo de chegar à desnuclearização permanente da região.”

Chung Eui-yong esteve na Coreia do Norte no início da semana, onde teve reuniões com Kim Jong-un e outros altos oficiais do governo de Pyongyang. Foi desse encontro que saiu o convite para Trump.

A Casa Branca confirmou o convite em uma nota oficial, redigida pela secretária de imprensa Sarah Sanders.

“O presidente Trump agradece as palavras da delegação sul-coreana e do presidente Moon Jae-In. Ele aceita o convite para se encontrar com Kim Jong-un em local e data que serão determinados. Temos esperança de ver a desnuclearização da Coreia do Norte. Neste meio-tempo, todas as sanções devem ser mantidas”.

Por Fábio Fleury, do R7, com agências internacionais
Foto: Reuters / Leah Millis / 6.3.2018

 

COMPARTILHAR