Caixa inicia mutirão de renegociação de financiamentos habitacionais

Por Lucas Pordeus León – Agência Brasil

Imagem (Site Hospital das Finanças)

A Caixa Econômica Federal iniciou nesta segunda-feira (10)  a um mutirão para renegociar dívidas imobiliárias.

Segundo o banco, a iniciativa pode beneficiar cerca de 600 mil famílias.

São mais de R$ 10 bilhões em dívidas que representam 11% do total de contratos ativos do banco.

Ao contrário das dívidas comerciais, a Caixa não determinou um prazo para renegociação dos débitos de financiamento habitacional.

 A superintendente Nacional de Gestão de Adimplência da Caixa, Eugênia de Melo, afirma que o devedor deve procurar o banco.

A representante da Caixa destaca que o banco está disposto a negociar mesmo com grandes devedores, que estejam a ponto de perder a casa por falta de pagamento.

Além de incorporar o saldo devedor nas próximas prestações, a Caixa pode aceitar a utilização do FGTS para quitar débitos em aberto ou alterar a data de vencimento da prestação.

Dependendo do caso, a Caixa prevê perdoar multar por atrasos, como ressaltou a superintendente Eugênia de Melo.

O banco argumenta que as condições de renegociação em 2019 estão melhores devido a crise econômica dos últimos anos, que dificultou o pagamento dos financiamentos habitacionais.